Sábado, 01 de Outubro de 2022
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
20°
11°
12°C
Espumoso/RS
Parcialmente nublado
Ao Vivo:
Geral

Pavilhão principal do Parque de Exposições de Espumoso recebe o nome de Hermindo Valério Canelloo

Pavilhão principal do Parque de Exposições de Espumoso recebe o nome de Hermindo Valério Canelloo
15.09.2022 16h54  /  Postado por: Tânia Diehl

O pavilhão principal do Parque de Exposições Armídio Bertani recebeu a denominação de Pavilhão Hermindo Valério Canello. A iniciativa foi uma proposição feita na Câmara de Vereadores de Espumoso, pela então vereadora Ana Vogel, em 2018, e aprovada por unanimidade, transformando-se então na Lei Municipal N.º 3.872.

Ana Vogel falou sobre a importância do reconhecimento a uma pessoa que tanto trabalhou pela comunidade espumosense e também falou sobre o trabalho da ABCAL:

HERMINDO VALÉRIO CANELLO, carinhosamente chamado por seus amigos de “Seu Canello”, era filho de Maria e Júlio Canello e nasceu em Guaporé no dia 1° de abril de 1918. Quando ainda não havia completado um ano de vida, seus pais mudaram-se para a localidade de Figueira Alta, hoje Arvorezinha, onde residiram durante três anos.

Mais tarde, a família mudou-se então para Anta Gorda, onde seu pai estabeleceu-se novamente com sapataria e loja de calçados. Foi em Anta Gorda que Seu Canello concluiu o curso primário. Naquela época, com apenas 10 anos de idade, uma vez por semana, de carrocinha, transportava a correspondência do Correio de Anta Gorda a Ilópolis, Figueira Alta e Itapuca.

Em 1932, sua família mudou-se para Tapera e Seu Canello passou a trabalhar na firma Mombelli & Cia. Ltda. Tão logo chegou em Tapera, juntamente com seu pai passou a integrar a Banda Aurora, na época dirigida pelo maestro Joaquim Pillar. Foi em Tapera que Seu Canello conheceu a jovem Aurélia Aliprandini, com que casou em janeiro de 1945.

Sete anos mais tarde a família mudou-se novamente, desta vez para Carazinho, onde todos os irmãos passaram a trabalhar como sapateiros na firma Kloeckner.

Em 1946, atendendo ao convite do sr. João Batista Rotta, o “Seu Joanim”, Seu Canello veio para Espumoso, onde o assessorou à gerência na firma Rotta.  Nela, Seu Canello trabalhou durante 33 anos, foi sócio e exerceu várias funções, inclusive a de gerente. Em reconhecimento ao seu trabalho e à sua dedicação a essa empresa, no ano de 1977 foi homenageado pela direção e funcionários desta com o título de “Funcionário Modelo”.

Foi em Espumoso que nasceram seus cinco filhos: Paulo Cezar, Luiz Roberto, Mari Lúcia, Maria Regina e Ângela Maria.

Em Espumoso, Seu Canello teve intensa participação comunitária. Tão logo aqui chegou, foi convidado para, junto com outros músicos, reativar a banda local, a qual fora integrada, então, por Valentim e Teobaldo Bresolin, Vitório Bambini, Oreste Lupatini, Domingos Spada, Henrique Gadenz, Ângelo Rodrigues, Júlio Simon, Augusto e Arnaldo Lupatini, Antônio Grando, Armindo Ottoni, dentre outros.

Também logo após sua chegada foi convidado a participar da Diretoria da Paróquia, o que fez por vários anos, período no qual mereceu grande amizade do Monsenhor Augusto Rizzi, tanto que este o nomeou como seu procurador e lhe confiou um bilhete com seus últimos desejos.

Hermindo Canello também participou da diretoria do Círculo Operário Leão XIII, entidade a qual, mais tarde, adquiriu a área onde foi construído o atual Estádio Municipal Ângelo Macalós. Naquela época ele, juntamente com Arlindo Piacentini e algumas outras pessoas, plantaram toda a grama do estádio e para regá-la levavam água até lá em tonéis transportados num caminhão. Ainda no futebol, participou de diretorias da equipe espumosense, que mais tarde transformou-se no C.A. Guarany. Também exerceu as funções de Delegado da Federação Gaúcha de Futebol em Espumoso.

Foi ainda sócio fundador e membro da diretoria do Clube União Espumosense, sócio fundador do Espumoso Clube e sócio honorário do C.T.G. Sinuelo das Coxilhas. Foi membro fundador da Escola João Batista Rotta, de cuja diretoria também participou.

Na política, foi um dos fundadores do Partido Democrata Cristão em Espumoso e um ano após, em 1959, foi indicado pelos seus companheiros para concorrer ao cargo de Prefeito Municipal.

 

 

 

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
CONCORDO