Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
C
Espumoso/RS
No ar: Sinfonia Sertaneja
Ao Vivo: Sinfonia Sertaneja
Bom Dia Líder

Corede Botucaraí trabalha a Consulta Popular

Corede Botucaraí trabalha a Consulta Popular
24.09.2021 06h26  /  Postado por: Roger Nicolini

A Consulta Popular 2021, que será realizada de 22 a 30 de novembro,  terá R$ 30 milhões revertidos em projetos de desenvolvimento regional eleitos pela população em votação 100% digital. Nesta edição, a Consulta Popular conta com uma novidade: a realização de uma etapa anterior à votação, em que a população poderá enviar ideias e propostas para sua região por meio do aplicativo para celular Colab.

Em Soledade, uma Assembleia Pública Regional Inicial foi promovida junto ao Conselho de Desenvolvimento do Alto da Serra do Botucaraí (CONDASB), prefeituras, Conselhos Municipais de Desenvolvimento (COMUDES), entidades da sociedade civil e população em geral, a fim de explanar acerca deste novo modelo de Consulta Popular para a região do Alto da Serra do Botucaraí. O presidente do Corede, Idioney Oliveira vieira comenta como estão as tratativas.

Para participar, o cidadão precisará baixar o aplicativo e preencher o cadastro com seus dados. O segundo passo será a escolha de onde deseja implementar a sua proposta, podendo digitar o endereço ou indicar por meio da localização a região desejada. As propostas serão encaminhadas em formato de postagem, com descrição da ideia com justificativa da importância para a região. O cidadão terá um limite de 120 caracteres para escrever a proposta, podendo usar foto para ilustrar. Ele também poderá consultar os Planos Estratégicos de Desenvolvimento (PED) de cada COREDE, explica Idioney.

Por fim, Idioney reforçou ser fundamental que os municípios se incluam nas reuniões e assembleias da Consulta Popular. Por outro lado, ele sugere que o tema turismo regional passe a ser mais discutido, mas cada cidade tem a liberdade de estabelecer qual demanda quer focar.

Fonte: Jornal Informativo Regional

 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.