Sábado, 04 de Fevereiro de 2023
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
29°
16°
23°C
Espumoso/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Notícias

A dor não deve ser considerada uma característica do envelhecimento

A dor não deve ser considerada uma característica do envelhecimento
12.12.2022 15h30  /  Postado por: Tânia Diehl

No Brasil, mais de 10% da população tem 65 anos ou mais e, nos últimos nove anos, o contingente dessa parcela da população que reside no país aumentou 39,8%(2), de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). E, à medida que a população envelhece, maior é a prevalência de problemas crônicos de saúde e doenças associadas à dor.

Estima-se que 20 a 50% dos idosos sofrem com algum tipo de síndrome dolorosa, como problemas osteoarticulares e musculoesqueléticos, e esse número pode chegar a 80% na população acima de 65 anos que vive hospitalizada ou em Instituições de Longa Permanência. Em idosos com demência, o diagnóstico e tratamento da dor podem representar um desafio ainda maior pela dificuldade em sua avaliação.(3)

No entanto, de acordo com a Dra. Gabriela Mastela, viver com dor não é normal e isso não deve ser considerado como uma mera consequência da velhice. Ouça a reportagem:

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
CONCORDO