Sábado, 27 de Novembro de 2021
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
26°
16°
21°C
Espumoso/RS
Tempo nublado
No ar: Programa da Prefeitura Municipal de Espumoso
Ao Vivo: Programa da Prefeitura Municipal de Espumoso
Bom Dia Líder

Hospitais de Carazinho, Passo Fundo e Soledade recebem nesta quarta-feira medicamentos do kit intubação 

Hospitais de Carazinho, Passo Fundo e Soledade recebem nesta quarta-feira medicamentos do kit intubação 
23.06.2021 09h42  /  Postado por: Roger Nicolini

Uma nova remessa do kit intubação com 9.730 medicamentos começa a ser distribuída nesta quarta-feira (23/6) pela Secretaria da Saúde (SES) e pelo Exército Brasileiro. Os itens Etomidato, Lidocaína, Epinefrina, Haloperidol e Dexmedetomidina serão entregues pelo 3º Grupamento Logístico, com saída do 3º Batalhão de Suprimentos, em Nova Santa Rita, a 45 hospitais de 39 municípios gaúchos.

O Exército fará sete rotas pelo interior para distribuir medicamentos para 38 municípios. Na quinta-feira (24/6), a entrega será para Cruz Alta. Os medicamentos distribuídos são sedativos e bloqueadores neuromusculares utilizados para intubação de pacientes em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) em casos graves de Covid-19.

Diretor do Departamento de Assistência Farmacêutica da SES, Roberto Schneiders disse que 70% dos medicamentos dessa remessa foram adquiridos pelo Estado, em um processo de aquisição que ocorre desde o ano passado. “Além das tratativas nacionais, está em andamento, com o Escritório de Projetos da Organização das Nações Unidas (ONU), uma aquisição internacional para auxiliar os hospitais no reabastecimento desses medicamentos importantes para o cuidado da população”, informou.

A responsabilidade pela compra desses medicamentos é das instituições hospitalares. Antes da pandemia, não eram adquiridos pela Assistência Farmacêutica do Estado. No entanto, frente à dificuldade de aquisição no país e ao aumento da demanda desde o ano passado, o governo do Estado e o Ministério da Saúde passaram a se articular para comprá-los excepcionalmente e distribuí-los às instituições com estoques críticos e que prestam atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Desde o início da pandemia, já foram entregues aos hospitais gaúchos mais de 600 mil unidades de medicamentos, adquiridos pelo Ministério da Saúde e pelo governo do Estado.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.