Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
16°
12°
13°C
Espumoso/RS
Tempo nublado
No ar: Bom Dia Alto Jacuí
Ao Vivo: Bom Dia Alto Jacuí
Esportes

Novo Hamburgo repete Porto Alegre e veta jogos do Gauchão

Novo Hamburgo repete Porto Alegre e veta jogos do Gauchão
19.07.2020 21h26  /  Postado por: Roger Nicolini

O sábado, 18 de julho, foi de tensão, muitas ligações telefônicas, pressões e ameaças em Novo Hamburgo.

O motivo: a tentativa de realizar jogos do Gauchão no Estádio do Vale, a casa do Esporte Clube Novo Hamburgo.

Contudo, a Prefeitura de Novo Hamburgo bateu o martelo e repetiu a decisão da Prefeitura de Porto Alegre: vetou jogos da competição no município.

Foram horas de expectativa. Durante o sábado, conversei com alguns integrantes do Executivo hamburguense e do Comitê de Emergência Municipal (Coem) de Novo Hamburgo.

Teve muita pressão de dirigentes da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e também de clubes envolvidos na competição. Inclusive, na manhã deste sábado o presidente da FGF, Luciano Hocsmann, acompanhado de um assessor da presidência, esteve visitando o Estádio do Vale. Ele foi recebido pelo presidente do Noia, Raul Hartmann, e pelo diretor de Futebol, Diego Ziegg.

Além dos jogos do Noia, a ideia da entidade seria realizar o Gre-Nal, que foi vetado em Porto Alegre.

REUNIÃO DE EMERGÊNCIA

Enquanto isso, uma reunião do Coem de Novo Hamburgo, que estava prevista para segunda-feira (20), precisou ser chamada em caráter emergencial e de forma on-line a fim de alcançar os integrantes. Foi mais de uma hora de discussões e debates sobre liberar ou não os jogos do Gauchão.

A pressão seguia em cima da Prefeitura, inclusive com argumentações de que “o município de Novo Hamburgo estava ficando pra trás, perderia uma grande oportunidade de aparecer em mídia estadual e nacional”.

Além disso, com o Gre-Nal sendo projetado para ser realizado em Caxias do Sul como alternativa a Porto Alegre, vieram muitas críticas do impacto desse grande deslocamento de 200 a 300 pessoas até a Serra. Realizar no Vale do Sinos, bem próximo da capital, passou a ser visto como algo mais seguro e viável. E dá-lhe pressão para ocorrer no Estádio do Vale.

Também houve colocações que a decisão da Prefeitura poderia prejudicar o desempenho do Noia no restante da competição, já que o clube tem dois jogos previstos como mandante. Lembrando que o Gauchão não terá rebaixamento.

Numa decisão colegiada, com argumentos de vários secretários municipais, o Coem vetou a realização dos jogos do Gauchão. A decisão foi apresentada à prefeita Fátima Daudt (PSDB), que chancelou o posicionamento.

COMUNICADO

Na noite deste sábado, o Coem divulgou um comunicado através da assessoria de imprensa da Prefeitura de Novo Hamburgo:

“O Comitê de Emergência Municipal (Coem) de Novo Hamburgo realizou neste sábado, dia 18, reunião extraordinária convocada pela prefeita Fátima Daudt para decidir sobre solicitação de autorização para o prosseguimento do Campeonato Gaúcho de 2020 (Gauchão) na cidade de Novo Hamburgo. Apesar dos protocolos de retorno estarem de acordo com as medidas de saúde necessárias ao combate do COVID-19, o Coem indeferiu o pedido por unanimidade.

A decisão leva em conta o aumento considerável de casos confirmados e de óbitos na Região 07, bem como o alerta do Governo do Estado, de que a região está próxima de migrar para a bandeira preta.

“Não obstante a existência de opiniões divergentes sobre o tratamento da COVID-19, o distanciamento social é a única alternativa técnica incontroversa que a medicina apresentou até a presente data, medida que o Município vem adotando, inclusive em observância a Decretos Estaduais, não havendo razoabilidade em excepcionar tal regra de conduta para a prática do futebol”, enfatiza o Coem em sua decisão.

Além disso, os membros do Coem observaram as dificuldades enfrentadas pelo comércio e prestadores de serviço que estão impedidos de operar normalmente, não havendo razão para se abrir uma exceção para a prática do futebol. A decisão atende a expectativa da prefeita, que considera que o momento é de unir forças exclusivamente contra a pandemia, para que vidas sejam preservadas e que as atividades econômicas possam ser restabelecidas o mais rapidamente possível.”

TREINOS LIBERADOS

Os treinos seguem liberados no Estádio do Vale, até porque os protocolos para estas atividades foram aprovados pela Prefeitura.

O Novo Hamburgo também busca oficializar o local em que realizará suas partidas contra o Aimoré e o Grêmio, previstas para a casa anilada.

Fonte: Portal Martin Behrend

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.