Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
Telefone: (54) 3383.3400
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo nublado
22°
16°
12°C
Espumoso/RS
Tempo nublado
Ao Vivo:
Geral

Inter sai na frente, mas sofre empate no fim

Inter sai na frente, mas sofre empate no fim
29.08.2019 08h14  /  Postado por: Luzia Camargo

Para o segundo tempo, apesar do rendimento abaixo da média, o técnico Odair Hellmann voltou do vestiário com o mesmo time. No entanto, logo nos primeiros 10 minutos, as trocas. Buscando as jogadas em velocidade pelas pontas, o treinador lançou a campo Nico López e Wellington Silva, para tentar mudar o cenário do confronto. Com a saída de Uendel, Patrick assumiu a lateral esquerda. O Flamengo se posicionou mais atrás e passou a explorar os contra-ataques. No entanto, já não conseguia mais reter a bola, e o Inter teve mais volume de jogo, com as investidas pelo lado de campo funcionando, especialmente com Nico López.

E a postura agressiva colorada resultou em gol aos 17 minutos do segundo tempo. Após falta cobrada pela esquerda por D’Alessandro, Rodrigo Lindoso desviou de cabeça, vencendo Diego Alves. Após muita polêmica com o VAR, no qual o árbitro analisou um possível impedimento de Rodrigo Moledo e a interferência do zagueiro, juiz confirmou com cinco minutos de atraso a abertura do placar no Beira Rio.

O Inter passou a dominar o jogo após o gol, e o Flamengo sentiu. O rubro-negro não conseguia ficar com a bola nem sair jogando de trás. O Inter passou a cercar a grande área e manteve a posse, levando perigo ao gol de Diego Alves.

A última troca de Odair Hellmann para tentar o gol que levaria a partida para os pênaltis foi ousada. O treinador sacou o zagueiro Victor Cuesta e lançou a campo o atacante Sarrafiore. No entanto, foi o Flamengo quem marcou. Aos 39 minutos, após erro do jogador que havia acabado de entrar, Bruno Henrique puxou contra-ataque e soltou para Gabigol empatar em 1 a 1 e definir a classificação do rubro-negro às semifinais da Libertadores.

O gol do Flamengo matou qualquer pretensão do Inter de buscar uma sobrevida nos pênaltis. O empate prevaleceu e o Colorado encerrou a sua jornada na Libertadores, acabando com a possibilidade de disputa de um Gre-Nal histórico e adiando o sonho do tricampeonato no torneio.

Libertadores – Quartas de Final

Inter 1

Marcelo Lomba, Bruno, Moledo, Cuesta (Sarrafiore) e Uendel (Wellington Silva); Lindoso, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Sóbis (Nico López); Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

Flamengo 1

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Cuéllar (Píris da Mota), Gerson, De Arrascaeta, Everton Ribeiro (Berrío) e Bruno Henrique; Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

Gols: Rodrigo Lindoso (17min/2T) e Gabigol (41min/2T).

Cartões amarelos: Rafael Sobis, D’Alessandro, Cuesta (Inter); Cuéllar, Diego Alves e Filipe Luís (Flamengo).

Árbitro: Patricio Lostau (ARG).

Local: Estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS).

Público: 49.614.

Renda: R$ 2.685.145,00.

Fonte: Correio do Povo

Foto: Fabiano do Amaral

Foto: Fabiano do Amaral

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.