Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2019
Telefone: (54) 3383.3600
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado com muitas nuvens
27°
17°
22°C
Espumoso/RS
Ensolarado com muitas nuvens
No ar: Show da Manhã
Ao Vivo: Show da Manhã
Geral

Saiba como parar de receber ligações indesejáveis

Saiba como parar de receber ligações indesejáveis
13.01.2019 21h31  /  Postado por: Roger Nicolini

Não tem hora, e não tem lugar. Receber ligações e mensagens de texto indesejáveis no celular já é rotina para muita gente. Essas chamadas e SMS tem códigos de muito longe, insistem em oferecer produtos, serviços, e às vezes até cobranças que não são suas.

É difícil não se irritar, pois elas são muitas. Conforme a empresa Truecaller, desenvolvedora de um bloqueador de chamadas, o brasileiro recebe em média 20,7 ligações não solicitadas ao mês. O país está, junto aos Estados Unidos, em segundo lugar no ranking de 20 países que mais sofrem com o spam telefônico.

Quem incomoda mais?

Contudo, os usuários sofrem por conta de seus fornecedores. “Quem mais faz isso são justamente as operadoras de telefonia, internet e TV paga”, revela a diretora do Procon RS, Maria Elizabeth Pereira. A Truecaller confirma: elas são responsáveis por 33% das ligações inoportunas. Cerca de 24% são de empresas de cobrança. Trotes e estelionatos (golpes como falso sequestro), são 21%. Já as empresas de telemarketing fazem apenas 12% dessas chamadas.

Mas dá para diminuir a quantidade dessas ligações. Para isso, existem dois meios, que podem ser utilizados em conjunto:

1 – Cadastrar seu número no Procon RS

O Procon RS possuiu um sistema de bloqueio de telemarketing, que foi criado por lei em 2009. Em uma década, o serviço já tem mais de 200 mil telefones cadastrados, e a procura é cada vez maior. “As pessoas não aguentam mais. Só agora, em 2018, foram cadastrados 49,6 mil telefones”, afirma Pereira.

Pereira explica que a inscrição é simples: “Basta entrar no nosso site, acessar o bloqueio de telemarketing, preencher o cadastro, e então receber um e-mail de confirmação com a sua senha. Posteriormente, basta entrar novamente no site com a senha, e inscrever os telefones que deseja que não recebam mais esse tipo de ligação. Podem ser até três telefones por pessoa, não apenas celulares, como também telefones fixos”.

A diretora do Procon aponta que o cadastro não bloqueia chamadas, pois inscreve o cliente em um sistema criado pelo Procergs. Depois que passarem 30 dias da inscrição, o telefone é registrado em uma lista. As empresas de telemarketing, que semelhantemente devem ser registradas no Procon, consultam essa lista antes de qualquer ligação. “Se o número estiver na nossa lista de consumidores, o fornecedor fica impedido de ligar. Se mesmo assim o fizer, o cliente deve denunciar essa empresa, que pode pagar até R$ 10 mil por ligação”, conta Pereira. Conforme o site do Procon, em dez anos, foram feitas 7 mil denúncias e gerados 770 processos, que resultaram em R$ 16 milhões em multas.

2 – Utilizar apps bloqueadores

Muitos aparelhos de smartphone possuem a opção pra bloquear números que insistem em ligar. Assim como a própria Anatel, que recebe denúncias pelo número 7726. Todavia, com tantos números diferentes, bloquear um por vez acaba sendo esforço inútil. Para lidar com vários ao mesmo tempo, existem apps, que funcionam tanto em aparelhos com sistema Android quanto em Iphones. A redação do Diário então testou dois deles:

Truecaller

O Truecaller bloqueia ligações e SMSs baseado em uma lista atualizada pela equipe, e igualmente pelos usuários. Além disso, possui um identificador de chamadas, que alerta quando o número é suspeito, mostrando quantas denúncias recebeu. O programa pode ser baixado de graça, mas apresenta algumas propagandas e notificações. Entretanto, são poucas, e podem ser retiradas pagando a licença do aplicativo

Whoscall

Bem como o concorrente, o Whoscall também possui identificador de chamadas e listas de números bloqueados. Seu foco é sobretudo a simplicidade, com opções descomplicadas e interface direta. Ele é gratuito e não mostra anúncios. Ademais, possui mais de 1 bilhão de números no seu banco de dados.

Fonte e foto: Diário da Manhã

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.