Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019
Telefone: (54) 3383.3600
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Ensolarado
30°
15°
27°C
Espumoso/RS
Ensolarado
No ar: Bola em Jogo
Ao Vivo: Bola em Jogo
Geral

Faustão, Silvio Santos e outros famosos entram em guerra política, sofrem duras consequências e pagam o preço

Faustão, Silvio Santos e outros famosos entram em guerra política, sofrem duras consequências e pagam o preço
11.01.2019 07h59  /  Postado por: Luzia Camargo

A semana começou tumultuada nos estúdios da Globo em São Paulo. Tudo por conta de uma declaração que o apresentador Fausto Silva fez em seu programa “Domingão do Faustão” em que chamou de “imbecil” um político. A repercussão foi imediata, expectadores criticaram a fala do apresentador, que acabou fazendo uma coisa inédita em sua carreira: um vídeo de retratação, para explicar que não foi “bem isso” o que ele quis dizer.

Faustão não é o único apresentador que tem o costume de falar o que pensa em seus programas, Silvio Santos, Ratinho e até a jornalista Rachel Sheherazade também já deram o que falar ao comentarem assuntos políticos.

O primeiro “Domingão do Faustão”do ano era apenas para ser uma pizza reunindo as principais estrelas da Globo que participaram de diversos quadros nesses 30 anos de programa na emissora. Mas em meio a um assunto, Faustão acabou se exaltando em seu discurso e desagradou alguns expectadores, principalmente os mais esperançosos sobre o novo quadro da politica brasileira.

Fausto Silva disse: “Na hora do Carnaval e da seleção, o brasileiro (e nós sabemos muito bem) é um povo que tem união, tem solidariedade, tem uma integração. Por que isso não acontece nas coisas sérias? Lutar por educação, saúde pública, contra a corrupção, contra a incompetência. O imbecil que está lá (e não deveria estar) pode até ser honesto, mas é um idiota que está ferrando com todo mundo (…) Você paga imposto e o que você recebe? Então, vamos ver se esses novos ares vão mudar. Vamos ver. Tem que rezar para dar certo, não adianta rezar contra”.

O que gerou polêmica na mídia foi: “O imbecil que está lá e não deveria estar”. Eleitores do Bolsonaro acreditam que foi uma indireta para o atual Presidente. No entanto, o programa exibido no domingo passado foi gravado em novembro de 2018, ou seja, ainda sob o governo Temer.

Faustão, em uma ação inédita, gravou um vídeo onde explica melhor qual foi a intenção de seu desabafo naquela hora.

O apresentador Ratinho também não pensa duas vezes em falar o que pensa em seu programa que vai ao ar todas as noites pelo SBT. Em dezembro do ano passado fez questão de disparar várias “pérolas” de uma só vez em menos de um minuto.

“Coisas do Brasil: mulher mais sexy é homem, e homem mais sexy é mulher. O homem mais honesto do Brasil está preso, e o João de Deus, não é de Deus, é do capeta. Como é que a gente vai regular um país desse?”.

Nas redes sociais, Ratinho foi alvo de críticas por parte dos fãs do cantor. O apresentador então comentou novamente sobre o assunto:

“As vezes eu fico brincando com o Pabllo, a Pabllo e as pessoas podem pensar que eu tenho alguma coisa contra ela ou ele, sei lá, eu não tenho nada contra, daqui a pouco já vão me xingar na rede social, rede social agora virou o diabo, todo mundo xinga. Vai xingar o capeta”, disse exaltado.

Se o apresentador Ratinho diz o que bem pensa em seu programa, seu patrão, Silvio Santos pouco liga para as brincadeiras ou ações levadas em seu programa dominical.

Depois de receber o ex-Presidente Michel Temer, enquanto ele ainda exercia da função, no palco de seu programa. Silvio Santos também fez uma brincadeira com seu auditório e achou graça das respostas de suas companheiras de palco.

Em um dos quadros do Programa Silvio Santos o apresentador perguntou: “Lula era metalúrgico e tinha outra profissão. Quem sabe a outra ganha mais R$ 50”, disse ele antes de lançar o desafio para a plateia. As respostas foram: “presidente”, “presidiário”, “ladrão”, “engraxate”, “pedreiro”, “sindicalista”.

Silvio Santos não segurou a risada quando escutou “ladrão” e riu da situação. Uma mulher acertou ao dizer que o ex-presidente era, além de metalúrgico, torneiro mecânico. Ela ganhou R$ 100 pela resposta certa.

Outra que gostava muito de expressar sua observações após cada matéria lida é a jornalista Rachel Sheherazade. Gostava.

Rachel Sheherazade ganhou notoriedade nacional após um vídeo seu viralizar nas redes em um discurso que criticava o Carnaval no Brasil. Na época a jornalista era funcionária da TV Tambaú, emissora de João Pessoa filiada do SBT. A fala ganhou tanta repercussão que Rachel Sheherazade foi promovida para o SBT. Porém sua visão sobre o carnaval não agradou a todos e Rachel se pronunciou em seguida. “Confesso que a minha intenção não foi polemizar, nem lançar críticas vazias ao carnaval. Foi uma opinião, uma tentativa de incitar aos cidadãos, foliões ou não, reflexões sobre essa festa que paralisa o país durante cinco dias todo ano”, disse a apresentadora no dia seguinte a publicação do vídeo.

Mas a liberdade de poder comentar as noticias no telejornal da casa durou pouco. Quando foi receber o troféu Imprensa das mãos do patrão, Silvio Santos, a jornalista foi repreendia por ele: “Você começou a fazer comentários políticos no SBT e eu pedi para você não fazer mais, porque você foi contratada para ler notícias, não para dar sua opinião (…) Se você quiser fazer política, compra uma estação de televisão e faz por sua conta. Eu contratei você para você continuar com sua beleza e com sua voz para ler as notícias do teleprompter”, “brincou” o dono do SBT.

Fonte: TV Foco

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.