Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018
Telefone: (54) 3383.3600
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
32°
21°
23°C
Espumoso/RS
Parciamente nublado
No ar: Show da Manhã
Ao Vivo: Show da Manhã
Geral

Economia brasileira crescerá 2,8% e a gaúcha 2,4% em 2019, projeta Fiergs

Economia brasileira crescerá 2,8% e a gaúcha 2,4% em 2019, projeta Fiergs
06.12.2018 08h04  /  Postado por: Luzia Camargo

Em apresentação realizada na manhã desta terça-feira (4), em Porto Alegre, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) projetou que a retomada da economia brasileira ganhará fôlego no próximo ano. Conforme a entidade empresarial, o Produto Interno Bruto (PIB) deverá subir 2,8% em 2019. A estimativa foi divulgada durante balanço anual promovido pela entidade.

Para a Fiergs, o desempenho da economia em 2019 poderá ser estimulado pela confiança de investidores no futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL) e pela agenda de reformas prometida durante a campanha presidencial. Além disso, a entidade lembra que o próximo ano é considerado “típico” pelo fato de não ter eventos como eleições e Copa do Mundo. Caso o futuro governo não consiga avançar na agenda de reformas e o cenário internacional trouxer turbulências, o crescimento econômico será abalado. Se isso ocorrer, a alta de 2,8% cairá para 1,6%, aponta a entidade.

Por outro lado, no cenário mais otimista citado pela Fiergs, com implementação “rápida” de reformas e melhora no quadro fiscal, o avanço poderá saltar para 3,6%.

Para o Rio Grande do Sul, a entidade projeta crescimento do PIB de 2,4% em 2019 no horizonte base. No quadro mais pessimista, o avanço cairá para 1,2%. No mais otimista, passará para 3,8%.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs), Gilberto Petry, manifestou otimismo com as projeções da economia para o próximo ano. Ele defendeu a aprovação das reformas para o país ter recursos para os investimentos.

A reportagem é de Eduardo Leães, da Rádio Agert.

Fonte e foto: Gaúcha ZH

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.