Terça-feira, 17 de Setembro de 2019
Telefone: (54) 3383.3600
Whatsapp: (54) 99988.1290
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Alguns chuviscos
18°
14°
18°C
Espumoso/RS
Alguns chuviscos
No ar: Convidados da Tarde
Ao Vivo: Convidados da Tarde
Polícia

Prefeito de Não-Me-Toque emite nota sobre acusação de assédio sexual

04.04.2018 09h32  /  Postado por: upside

prefeito de Não-Me-Toque, Armando Carlos Roos (PP), apesar de procurado para se manifestar a respeito da acusação de assédio sexual que responde judicialmente, preferiu não conceder entrevista.
Por outro lado, sua assessoria informou que uma nota seria distribuída para a imprensa e é esta que reproduzimos a seguir:
”NOTA DE ESCLARECIMENTO
Armando Carlos Roos, Prefeito Municipal de Não-Me-Toque/RS vem a público em respeito a verdade e a opinião pública, manifestar-se sobre a acusação de assédio sexual, esclarecendo o seguinte:
O Prefeito ainda não foi citado da ação penal referente ao fato noticiado, tendo sido surpreendido através das redes sociais com a divulgação de documentos referente ao inquérito policial, sendo que está tomando as providencias cabíveis quanto a responsabilização das pessoas e entidades envolvidas com a publicidade indevida dos documentos e vídeo de caráter pessoal.
No que refere ao vídeo que vem sendo compartilhado junto ao aplicativo de mensagens instantâneas, Whatsapp, importante referenciar que mostra tão somente diálogo ocorrido entre o Prefeito Armando Carlos Roos e a suposta vítima, sendo que esta seria nomeada para um cargo de confiança , junto a Secretaria Municipal de Obras. A Suposta vítima utilizou-se da confiança do prefeito para gravar o referido vídeo, e somente um ano depois vem a público divulga-lo, após a sua exoneração.  
 
O assédio relatado pela suposta vítima será devidamente apurado durante a instrução processual, se houver o recebimento da denúncia.
Por inúmeros motivos lamento este episódio, manifestando que as minhas ações sempre foram pautadas pelo respeito e obediência as leis, as autoridades e sobretudo a Comunidade Não-Me-Toquense, a qual peço desculpas pelo fato em questão principalmente pelo mesmo ter ocorrido junto ao Gabinete, o que acabou elevando a repercussão do caso.
Armando Carlos Roos”.
 
Fonte: 
Rádio Gazeta – Carazinho
 

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.